Verbo haver

  • Este tópico contém 2 respostas, 2 vozes e foi atualizado pela última vez 2 anos, 1 mês atrás por Rogerio Carneiro Campello.
Visualizando 2 respostas da discussão
  • Autor
    Posts
    • #16862 Responder
      Rogerio Carneiro Campello
      Convidado

      Só uma observação, professora Patrícia. Num dos seus vídeos você apresenta a frase: “Também a mim me hão ferido”. E explica que esse “hão” tem o sentido de “têm”, “me têm ferido”. Mas o interessante é que esse “têm”, na verdade, dá uma ideia de continuação ao longo do tempo (eu venho sendo ferido). Digo isso porque talvez não seja isso o que está dito, a explicação não seja essa. Não seria esse “hão ferido” um passado composto? Essa forma existe em português, embora não seja usada – nós preferimos usar o pretérito simples (feriram). “Também a mim me feriram”. Esse passado composto é usado em todas as línguas, mas não em português (fico aqui me lembrando do meu ginásio e do famoso “passé composé” do francês). Em espanhol fica bem evidente: “me han herido” (me feriram).
      Bom, é uma impressão minha, não sei se isso é verdade. Obrigado,
      Rogerio.

    • #16920 Responder

      Rogério, é exatamente o pretérito perfeito composto, formado por verbo auxiliar (TER ou HAVER) no presente + particípio do verbo principal. “A mim me hão ferido” e “A mim me têm ferido” são ocorrências desse pretérito perfeito composto do indicativo, cujo sentido temporal é o de “uma ação iniciada no passado e estendida até o presente”. Temos aqui um artigo sobre o assunto: https://www.linguaminha.com.br/artigos/tempos-compostos/.

    • #16922 Responder
      Rogerio Carneiro Campello
      Convidado

      Obrigado. Li o artigo. Você pode não gostar, mas eu achei a tabelinha ótima.

Visualizando 2 respostas da discussão
Responder a: Verbo haver
Sua informação: