Gramática

  • Este tópico contém 5 respostas, 2 vozes e foi atualizado pela última vez 4 anos, 3 meses atrás por Ney Belchior.
Visualizando 4 respostas da discussão
  • Autor
    Posts
    • #16507 Responder
      Cristiano santos
      Participante

      Professora, bom dia, tenho muita dificuldade no entendimento das noções básicas da gramática, pela onde devo começar, quero reverter esse quadro, mais não sei como faz me ajude.

    • #16526 Responder
      Ney Belchior
      Convidado

      (UF-MG) Em todos os períodos há orações subordinadas substantivas, exceto em:
      a. O fato era que a escravatura do Santa Fé não andava nas festas do Pilar, não vivia no coco como a do
      Santa Rosa.
      b. Não lhe tocara no assunto, mas teve vontade de tomar o trem e ir valer-se do presidente.
      c. Um dia aquele Lula faria o mesmo com a sua filha, faria o mesmo com o engenho que ele fundara
      com o suor de seu rosto.
      d. O oficial perguntou de onde vinha, e se não sabia notícias de Antônio Silvino.
      e. Era difícil para o ladrão procurar os engenhos da várzea, ou meter-se para os lados de Goiana

      Tenho duvida nessa questão de gabarito C . Vou expôr o que eu entendi e a minha resolução, juntamente com minhas duvidas.

      Na letra A temos : O fato era (oração principal) todo resto , classifiquei como apositiva. Pois elas explicam ” O Fato”

      Na letra B temos : Não lhe tocara no assunto (oração coordenada assindética), Mas teve vontade tomar o trem (oração coordenada sindética adversativa) e ir valer-se do presidente (oração coordenada sindética explicativa.

      Na letra C: Um dia aquele Lula faria o mesmo com a sua filha(oração principal). faria o mesmo com o engenho que ele fundara
      com o suor de seu rosto. oração coordenada assindética
      Na letra D: O oficial perguntou de onde vinha(oração principal). e se não sabia notícias de Antônio Silvino ( oração coordenada sindética explicativa)
      Na letra E:Eu organizei ela de outra forma e ficou assim: Para o ladrão era difícil procurar os engenhos da várzea mas nessa nao consegui saber muita coisa

      Por favor . Você poderia corrigir cada oração por favor. A nivel de conhecimento, pela resoluçao destas entendereir bastante coisa matéria . Muito obrigado

      • #16530 Responder
        Patrícia Corado
        Convidado

        a. O fato era (ORAÇÃO PRINCIPAL) que a escravatura do Santa Fé não andava nas festas do Pilar(ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA PREDICATIVA), não vivia no coco como a do Santa Rosa (ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA PREDICATIVA EM RELAÇÃO À PRIMEIRA ORAÇÃO/ ORAÇÃO COORDENADA ASSINDÉTICA EM RELAÇÃO À SEGUNDA ORAÇÃO).
        b. Não lhe tocara no assunto (ORAÇÃO COORDENADA ASSINDÉTICA), mas teve vontade (ORAÇÃO COORDENADA SINDÉTICA ADVERSATIVA EM RELAÇÃO À PRIMEIRA ORAÇÃO / ORAÇÃO PRINCIPAL EM RELAÇÃO À TERCEIRA ORAÇÃO E À QUARTA ORAÇÃO) de tomar o trem (ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA COMPLETIVA NOMINAL EM RELAÇÃO À SEGUNDA ORAÇÃO / ORAÇÃO COORDENADA ASSINDÉTICA EM RELAÇÃO À QUARTA ORAÇÃO) e ir valer-se do presidente (ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA COMPLETIVA NOMINAL EM RELAÇÃO À SEGUNDA ORAÇÃO / ORAÇÃO COORDENADA SINDÉTICA ADITIVA EM RELAÇÃO À TERCEIRA ORAÇÃO).
        c. Um dia aquele Lula faria o mesmo com a sua filha (ORAÇÃO COORDENADA ASSINDÉTICA), faria o mesmo com o engenho(ORAÇÃO COORDENADA ASSINDÉTICA EM RELAÇÃO À PRIMEIRA ORAÇÃO / ORAÇÃO PRINCIPAL EM RELAÇÃO À TERCEIRA ORAÇÃO) que ele fundara com o suor de seu rosto(ORAÇÃO SUBORDINADA ADJETIVA RESTRITIVA).
        d. O oficial perguntou(ORAÇÃO PRINCIPAL EM RELAÇÃO À SEGUNDA ORAÇÃO E À TERCEIRA ORAÇÃO)de onde vinha (ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA OBJETIVA DIRETA EM RELAÇÃO À PRIMEIRA ORAÇÃO E ORAÇÃO COORDENADA ASSINDÉTICA EM RELAÇÃO À TERCEIRA ORAÇÃO), e se não sabia notícias de Antônio Silvino(ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA OBJETIVA DIRETA EM RELAÇÃO À PRIMEIRA ORAÇÃO E ORAÇÃO COORDENADA SINDÉTICA ADITIVA EM RELAÇÃO À SEGUNDA ORAÇÃO).
        e. Era difícil para o ladrão (ORAÇÃO PRINCIPAL EM RELAÇÃO À SEGUNDA ORAÇÃO E À TERCEIRA ORAÇÃO) procurar os engenhos da várzea (ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA SUBJETIVA REDUZIDA DE INFINITIVO EM RELAÇÃO À PRIMEIRA ORAÇÃO E ORAÇÃO COORDENADA ASSINDÉTICA EM RELAÇÃO À TERCEIRA ORAÇÃO), ou meter-se para os lados de Goiana(ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA SUBJETIVA REDUZIDA DE INFINITIVO EM RELAÇÃO À PRIMEIRA ORAÇÃO E ORAÇÃO COORDENADA SINDÉTICA ALTERNATIVA EM RELAÇÃO À SEGUNDA ORAÇÃO)
        A ÚNICA OPÇÃO EM QUE NÃO HÁ ORAÇÃO SUBSTANTIVA É A ALTERNATIVA C!

    • #16529 Responder
      Patrícia Corado
      Convidado

      Cristiano, o primeiro passo é reconhecer a dificuldade e a necessidade de superá-la. Estudar sozinho exige muita disciplina. Se for possível, procure um bom professor em sua cidade, um cursinho… Encare isso como um importante investimento na sua formação! Se realmente não for possível fazer esse investimento, compre uma gramática boa e didática (Recomendo a de uma colega minha muito competente, a professora Magda Bahia). Vá estudando os conteúdo pela ordem apresentada no livro e busque na internet sites confiáveis que complementem a explicação da gramática. Se precisar de ajuda, envie-nos perguntas. Será um prazer ajudar você!

    • #16537 Responder
      Ney Belchior
      Convidado

      A aurélia não se deixava enebriar pelo culto que lhe rendiam.

      A função sintática do pronome relativo é?

      Eu fiz dessa forma : Pelo culto o qual lhe rendima ..eles lhe rendiam pelo culto … mas qual a classificação desse “pelo culto ” ??

    • #16538 Responder
      Ney Belchior
      Convidado

      Na frase “”a expressão de afetada ternura” a classificação de afetada ternura é adjunto adnominal?

Visualizando 4 respostas da discussão
Responder a: Gramática
Sua informação: