Responder a: Particípio abundante

Home Fóruns Pergunte ao Língua Minha aqui! Particípio abundante Responder a: Particípio abundante

#16957

Rogério, o particípio regular parece/soa melhor, nesse caso, em razão do uso do pretérito perfeito do verbo ser (foi), formador da estrutura passiva analítica. O que ocorre é que, normalmente se opta pelo irregular com verbos SER e ESTAR pelo caráter mais adjetivo que o particípio irregular assume. Note que, sem a mediação do verbo, ou seja, na função estritamente adjetiva, sempre optamos pela forma irregular dos particípios abundantes (peixe frito; presidente eleito; homem cego). No caso apresentado por você, a opção pelo regular está assentada justamente no desejo do falante de dar ênfase ao processo verbal passivo. A forma “foi cheia” dá à palavra “cheia” um valor de predicativo, entende? Isso ocorre porque alguns particípios irregulares são percebidos pelo falante muito mais como adjetivos do que como verbos no particípio…